Kunst des Fechtens: Glossário

Nas aulas da Arte do Combate utilizamos uma terminologia próxima às fontes estudadas, mantendo os termos na língua original antes que traduzidos, já que achamos tem os seguintes benefícios:

  • Contextualiza o que fazemos: estudar uma arte marcial do S.XIV originária no Sacro Império Romano-Germano –e não assim uma arte do norte da península itálica no S.XV, ou a Verdadeira Destreza peninsular do S.XVII, ou o Jogo do Pau contemporâneo próprio da Galiza e Portugal.
  • Cria um vocabulário técnico com significados específicos, o que evita equívocos e problemas de tradução. Assim, Winden é uma acção específica, sem nenhum outro tipo de interpretação que o termo traduzido possa dar a entender fora do explicado e treinado na aula.
  • Tem valor de marketing que dá identidade à prática. De igual modo que as artes marciais orientais se identificam lexicalmente polo seu vocabulário (Sensei, Kiai, Morote Seoi Nage), bem como a esgrima desportiva ocidental actual emprega termos franceses, utilizar termos alemães no Kunst des Fechtens ajuda a fazer visível e dar carácter a olhos da população geral.

Porém, reconhecemos que isto acrescenta uma carga de aprendizagem na pronúncia, escrita e assimilação dos significados para as estudantes. É por isso que facilitamos nas aulas breviários de termos escritos e, aqui, uma referência nos significados dos mesmos e na sua pronúncia desde a perspectiva de falantes de alemão moderno.

Documentos

Para mais referência:

Áudio-glossário

Os clips de audio foram gravados por Manuel Martins (galego a pronunciar a variante de alemão da Suíça) e uma colaboradora austríaca a pronunciar a variante da Viena, a quem ficamos imensamente obrigadas por esta achega.

A ordem dos termos é relativamente arbitrária: estão arranjados com base à relativa proximidade temática que têm nas aulas, para facilitar a referência das estudantes.

A grafia é em geral moderna, com um par de excepções arcaicas ou dialectais assinaladas com o símbolo ⁑ . Seguimos aqui o critério de utilizar a escrita mais geralmente difundida na comunidade internacional de HEMA, antes que favorecer a grafia de uma ou outra fonte primária.

Na tradução procuramos apenas apresentar uma referência de significado mnemónica, já nom uma palavra de uso (de novo: favorecemos e encorajamos empregar o léxico original nas aulas) bem como tampouco uma explicação do termo. Em vários casos indicamos as tradução entre aspas («») querendo assim por ênfase em que o termo guarda um significado específico para além do próprio significado da tradução.

Termo Tradução Pronúncia IPA Suíça Viena
Kunst des Fechtens A Arte do Combate [kʊnst] [dƐs] [fƐçtɘns]
Johannes Liechtenauer [jo’hanɛs]/[-nɘs] [Iiçtɘnauɘr]
Langschwert Espada longa [laɳʃve:rt]
Ort A ponta da espada [ɔrt]
Schilt «Escudo»: a espada como defesa. [ʃɪlt]
schwach «fraco»: da metade à ponta da lâmina. [ʃvax]
sterk «forte»: da metade à guarda da lâmina. [ʃte:rk]
Feder De Federschwert = «espada pluma». [fe:dɘr]
die vier Bloßen As Quatro Aberturas [di:] [fi:r] [blo:sɘn]
die vier Leger As quatro posições [di:] [fi:r] [le:gɘr]
– vom Tag Desde acima (lit.«do telhado») [fɔm] [ta:k]
– Alber Guarda do Tolo, Guarda do Louco [albɘr]
– Pflug Guarda do Arado [pflu:k]
– Ochs Guarda do Boi [ɔks]
Langenort [Guarda da] Ponta Longa [laɳɘnɔrt]
Nebenhut Guarda ao lado [ne:bɘnhu:t]
Kron [Guarda da] Coroa [kro:n]
die vier Versetzen As Quatro Contras [di:] [fi:r] [fƐr’zƐtsɘn]
Meisterhauen Os Cinco Talhos [mestres] [maɪ3stɘrhauɘn]
– Zornhau Talho da Ira [tsɔrnhau]
– Krumphau Talho Torcido [krʊmphau]
– Zwerchhau Talho de Través [tsvƐrçhau]
– Schielhau Talho Vesgo [ʃi:lhau]
– Scheittelhau Talho à Coroa [ʃaɪtɘlhau]
binden Ligadura entre as lâminas [bɪndɘn]
fühlen Sentir através da espada [fy:lɘn]
ringen Luta corpo-a-corpo [rɪɳɘn]
Halbschwert [Empunhadura de] meia espada. [halpʃve:rt]
zufechten «O achegamento» [tsu:fƐçtɘn]
Krieg «A Guerra» [kri:k]
Abzug «A retirada». [aptsu:k]
nachreisen Seguir, perseguir [na:xraɪzɘn]
vor «O Antes» [fo:r]
indes «No momento justo» [ɪn’dƐs]
nach «O Depois» [na:x]
abnehmen Mudar a linha de ataque por acima. [apne:mɘn]
durchwechseln Mudar a linha de ataque por baixo. [dʊrçvƐksɘln]
mutieren Mutação. Mudar o tipo de ataque. [mu·’ti:rɘn]
duplieren Duplicação. Duplicar o ataque. [du·’pli:rɘn]
zucken Mudar a linha de ataque por acima. [tsʊkɘn]
Hangetorten «As Pontas Suspensas». [haɳetɔrtɘn]
überlaufen «Ultrapassar». Máximo alcanço. [y:bɘr·’laufɘn]
winden «Envolver» [a lâmina]. [ˈvɪndən]

Vídeo-aula

Em 2015 tivemos a sorte de que o companheiro Manuel Martins nos proporcionasse uma aula de pronúncia do alemão da suíça especialmente focada para pessoas lusófonas. Em benefício das companheiras que nom puderam atender à aula e também à comunidade das HEMA em geral, presentamos aqui um vídeo da mesma:

Histórico de mudanças

  • 20150323 : Publicação original na Gallaecia in Armis.
  • 20160118 : Acrescentada a vídeo-aula.
  • 20170820 : Movida para o site web da Arte do Combate. Correcções ortográficas. Normalização ortográfica para o galego internacional.

Licença e direitos

Esta página e conteúdos foram desenvolvidos para a Gallaecia in Armis em 2014 – 2016. Desde 2017 é hospedado no site da Arte do Combate. Os clips de áudio foram gravados por Manuel Martins, quem amavelmente cede os direitos de exploração dos mesmos, bem como o uso das notas que acompanham. O site web e os textos que o acompanham foram criados por Diniz Cabreira. Esses clips de áudio, site e textos podem ser utilizados livremente baixo os termos da licença Creative Commons Attribution-Sharealike 4.0, ou versão posterior da mesma licença.